Fototrilha 14 – Parada do Quilombo

_MG_7832Não, essa não é a 14º Fototrilha da qual participo, é minha primeira. Fui convidado por amiga, Renata Castanho, que nem conseguiu participar, e passei o domingo em uma bela caminha da na zona rural de Itupeva. Foi diferente de outras caminhadas rurais que já parcipei, pois não havia agência de turismo envolvida. Esse evento existe porque um grupo de pessoas gosta de fotografia, da natureza, de cachorros e de bons amigos por perto. Sim, havia alguns cachorros super divertidos nos acompanhando. Paguei um mico porque comprei um bolo para levar ao piquenique do final da trilha e descobri tarde demais que ficou na mesa da copa. Me ofereceram os belos (tinha coisa bonita mesmo) e deliciosos lanches que levaram.

_MG_7768A Parada do Quilombo tem esse nome por causa do seu passada escravista, é uma região onde havia fazendas de café tocadas por escravos e que fundaram um quilombo para em algum momento passado. Hoje há uma diversidade de culturas por lá, mas algumas fazendas parecem tão ricas e bonitas que parecem uma casa de campo. Difícil enxergar atividade rural local financiando tanto luxo. Hoje em dia há gado, feijão, hortaliças e, se entendi bem, uvas.

_MG_7859O caminho todo é por estrada de terra batida, dura, com poucos pontos de sombra. Não é uma caminhada puxada, mas é bom não economizar na água. Recomendo levar dois litros bem protegidos do Sol, que castiga o tempo inteiro. A região é cheia de rochas, como se a tempestado que criou o Itatiaia respingou em Itupeva. Não vemos os grandes maciços, mas rochas por todos os lados, em mourões e tem até uma pedreira por lá.

_MG_7870Foi mais um domingo de diversão, finalizado com um belo lanche embaixo de árvore frondoza. Torcendo para conseguir participar da próxima, já que fui convidado. Da próxima vez lembrarei de não levar apenas a fome.


Um Comentário para: “Fototrilha 14 – Parada do Quilombo

  1. Piter, seja benvindo as caminhadas, sejam das Fototrilha e de tudo junto e misturado. O lema é “Bora ser Feliz, hoje e sempre”. Amora e eu adoramos tê-lo em nosso grupo. 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*