Indiana Dias e o Circuito das 7 Cachoeiras

_MG_8052Águas da Prata, onde passei o final de semana dos dias 22 e 23 de setembro, oferece muitas atividades para os fãs de ecoturismo. Basta uma pequena busca na internet para encontrar trilhas, arborismo, parapente e muitas outras oportunidades de diversão. Além da Travessia da Serra da Prata, percorri o Circuito das 7 Cachoeiras, um caminho em mata fechada, visual belíssimo e com banho em água gelada.

_MG_8024Fui com a mesma galera do sábado, mas dessa vez tivemos a companhia de um casal de cachorros que conhecemos logo no começo da caminhada, antes de chegar à via férrea. Na verdade quem mandava na coisa toda era uma gato. Os cachorros foram chegando perto e o gato os comandava de longe. Acredito que mandou os dois nos seguir para garantir que não faríamos bobagem alguma. O casal fez todo o circuito conosco, se banharam muito pouco e passaram por perrengue porque alguns pontos eram altos para aquelas perninhas curtas. Tivemos que ajudar a vencer a algumas subidas e apontar alguns caminhos, mas na maior parte da trilha deu vontade de pensar como cachorro. O caminho que percorriam por conta parecia mais fácil e seguro. Eu me equilibrando por pedras escorregadias e os cachorros apareciam do nada e secos, passando sabe-se lá por onde. Com certeza não tinham feito o mesmo caminho que fiz.

_MG_8105A trilha é muito bonita e gostosa de fazer, mas é bom prestar atenção onde pisa para não escorregar. Há muitas travessias de rios e em quase todos os pontos as pedras tinham bastante musgo. Também subimos muitos barrancos escorregadios e com poucos pontos de apoio. Em vários barrancos os batões de caminhada fizeram seu papel e forneceram pontos de apoio adequados, mas há alguns lugares em que o melhor é colocar as mãos em pedras, troncos ou raízes e puxar o corpo. Para descer, a bunda é sempre o principal órgão de apoio.

_MG_8135O almoço foi no hotel e passamos o resto da tarde passeando pela feirinha de artesanato e comidas locais. Vi um lagartão no terreno da igreja, tomei água na fonte da cidade e comprei doce de leite para a galera do trabalho. Dormi como uma criança no caminho de volta, imaginando o que mais teria para conhecer na cidade. Tenho certeza que voltarei para descobrir.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


*